renda

Qual a diferença entre renda fixa e renda variável?

O mercado de investimento possui alguns termos próprios que podem causar certo estranhamento para os novos investidores. Mas a verdade é que se você está disposto a entrar em qualquer negócio é preciso estar aberto para novos conhecimentos.

Segundo o dicionário de finanças, renda fixa e renda variável são modalidades de investimentos bem distintas que dependem do perfil do interessado em investir. A principal diferença está ancorada na rentabilidade dessas duas operações.

Enquanto uma tem lucros pré determinados a outra depende das nuances do mercado financeiro para definir os lucros do operador. Mas  o que muitas pessoas não sabem é que dependendo dos seus interesses dá para investir nos dois tipos de operação.

Isso porque, com a popularização das modalidades de investimento é possível colocar suas aplicações como um empréstimo para os bancos e até mesmo para o governo, bem como você mesmo pode aplicar o seu dinheiro em alguma corretora e fazer suas próprias operações.

O que muitos querem, e que por vezes conseguem com os investimentos, é a sua liberdade financeira e com isso proporcionar para as pessoas que amam muito mais estabilidade e segurança.

Leia também:

O que é renda fixa?

A renda fixa nada mais é do que uma modalidade de investimento que tem menos riscos para o investidor, já que os rendimentos são definidos antes. Pois ao aplicar o seu dinheiro ele já sabe quais são as taxas e o prazo para rendimento.

Por ter menos risco, essa é uma opção utilizada por investidores que são mais conservadores do mercado financeiros ou até mesmo por pessoas que não estão dispostas a perder muito quando querem ganhar muito.

Além do mais essa modalidade possui algumas opções de investimentos com rentabilidade pré-fixada que tem como via de regra funcionar como um empréstimo para os bancos, empresas ou governo.

Exemplos de renda fixa

Ao total existem três opções de aplicação na renda fixa, como podemos ver a seguir:

  • Pré Fixada – a aplicação prefixada possui rendimentos previsíveis que quando mercado financeiro têm queda da maior rendimento para o investidor, em relação aos outros tipos de aplicações. Nessa opção é possível saber qual o valor terá até o vencimento da aplicação.
  • Pós Fixada – é considerada a opção mais defensiva e conservadora, tendo em vista que ela dá a possibilidade do aplicador acompanhar ao longo do tempo seus investimentos. Para isso é só utilizar alguns indicadores financeiros.
  • Híbrida – essa é uma opção híbrida por ser fixa mas também variável. Fixa porque têm remuneração acima da inflação e variável porque seus lucros podem variar com o tempo.

Vantagens da renda fixa

A renda fixa, como podem perceber, possui vantagens que devem ser consideradas pelos investidores. Quem sabe assim ela possa ser uma segunda opção mesmo para aquelas pessoas que tem um perfil mais aventureiro.

Se você se interessou, aqui vai uma lista com as principais vantagens das aplicações em renda fixa:

  • Segurança
  • Previsibilidade na rentabilidade
  • Alta liquidez
  • Possibilidade de diversificação com segurança e rentabilidade
  • Possibilidade de isenção de imposto de renda

O que é renda variável?

A renda variável, como o próprio nome já diz, é um tipo de aplicação que tem rendimento variado e por isso possui operações mais arriscadas. Essa consiste na compra de parte de uma empresa ou empreendimento imobiliário.

De modo diário, as cotações desse tipo de investimento recebem preços dados pelos investidores de acordo com as suas expectativas. Em outras palavras, o que vai aumentar ou diminuir as ações é justamente as notícias vinculadas ao ativo, seja por conta de alguma perda ou até mesmo pela chegada de novos investidores.

Uma das operações que mais tem se popularizado entre os investidores é a Day Trade, que possibilita  fazer compras e vendas de ações ao longo do dia. O maior interesse nessa aplicação é obter bons resultados em curto prazo.

Vantagens da renda variável

Devido a imprevisibilidade dessa modalidade de investimento, muitas pessoas acabam acreditando que não seja uma boa opção para lucrar. Mas parece inegável afirmar que tantas outras pessoas que possuem um estilo de investimento mais arriscado têm tido muitos lucros.

Por isso, separamos aqui uma lista com as principais vantagens da renda variável:

  • Possibilidade de altos lucros
  • Possibilidade de retorno alto em pouco tempo
  • Participação em empresas
  • Facilidade
  • Variedades de investimentos

Conclusão

Quando o assunto são investimentos é imprescindível que o usuário conheça a si mesmo, já que inteligência emocional, para lidar com ganhos e com perdas, se tornou a chave do sucesso no mercado de ações. Opções não faltam dentro da modalidade fixa quanto nas aplicações variáveis.

Se de um lado você investe sabendo quanto e quando vai receber seus rendimentos, por outro lado você aplica sem previsão de lucro. Porém é na renda variável que você pode encontrar os melhores lucros em curto período de tempo. Mas lembre-se: é possível investir nos dois mercados ao mesmo tempo.

Leia também:

Namata
Namata

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

COMPARTILHE

Facebook
Twitter
LinkedIn

JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Entre para nosso grupo de WhatsApp e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

JUNTE-SE A MILHARES DE PESSOAS

Entre para nosso grupo de WhatsApp e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!